; ; ; Jorginho descobre que Max é seu pai e agride o malandro | Olhar Feminino

Jorginho descobre que Max é seu pai e agride o malandro

Coitado do Jorginho…Agora sim ele pira de vez!

jorginho-caua

Jorginho (Cauã Reymond) vai levar mais um choque em “Avenida Brasil”. O rapaz vai descobrir que é filho de Max (Marcello Novaes) e ficará horrorizado. Obcecado para saber quem é seu pai verdadeiro, o jogador procura novamente Neide (Claudia Assumpção), a cafetina que sabe do passado de Carminha (Adriana Esteves).

No primeiro momento, a mulher tenta expulsar Jorginho de sua casa. Como agora está agenciando michês, ela pede que um deles o leve para fora de sua casa. Só que o atleta não arreda o pé de lá e Neide fica com pena do rapaz, que mesmo com o cair da noite, continua em frente a sua casa.

A cafetina o chama de teimoso e Jorginho afirma que só quer saber quem é seu pai. “Você conseguiu, Jorginho, tá feliz? Fiquei com peninha de você. Olha que isso não é fácil... Mas eu te peguei no colo, você me chamava de dinda e você era tão lindo. E você continua lindo. Que nem o seu pai...”, afirma Neide. O jogador quer saber se ela vai revelar o quer saber ou ele vai ter que adivinhar. “Tá tão na sua cara, Jorginho, não sei como você não se tocou. Acho que você já sabe, só não quer enxergar. Vou quebrar seu galho. O teu pai é o Max, Jorginho”, garante a cafetina.

O rapaz fica horrorizado. “Você não queria tanto saber a verdade? Agora durma com esse barulho. E que barulho!”, diz a cafetina. Jorginho não se conforma: “Que horror! Que horror! É tudo muito pior do que eu imaginava, muito mais monstruoso! A Carminha trai o marido... dentro da própria casa dele! Aquela ordinária fez o coitado do Tufão criar o filho que ela teve com o amante como se fosse dele! Ela fez o Tufão de palhaço esse anos todos?! E eu... eu... sou filho desses bandidos, desses marginais, desses... Ah, meu Deus!”, lamenta, aos prantos.

Jorginho, então, vai para a casa de Lucinda (Vera Holtz), onde também está Nina (Débora Falabella). Desolado, o rapaz conta que já sabe que Max é seu pai. "Eu sou filho desses vermes! Que desgraça a minha. Eu me sinto imundo só de pensar que eu vim desses dois... Se eu pudesse me livrar desse sangue maldito", afirma o jogador.

Jorginho agride MAX



briga
Max (Marcello Novaes) e Jorginho (Cauã Reymond) vão sair no braço, em Avenida Brasil. O jogador aparece na chácara de surpresa e é sarcástico com o malandro: “Vim fazer uma visita pro meu papai”.

O amante de Carminha (Adriana Esteves) se faz de desentendido, mas Jorginho diz que já sabe de tudo. “Não é à toa que você e ela vieram do lixo, me jogaram no lixo, vocês dois são lixo!!! Nunca deviam tem saído de lá!”, brada o atleta. Max se irrita, diz que ele não sabe do que ele e a vilã passaram e que fizeram o que deu, o que foi melhor para ele. “Você teve uma vida boa, ou não teve? Não tem nada do que reclamar”.

Jorginho diz que vida boa tem o malandrto, que passou a vida toda fazendo seu pai de palhaço com a amante, enganando o coitado na cara dele, dentro de casa. “Sabe no que que eu errei? Sabe do que eu me arrependo, Jorginho? De não ter te educado direito, na linha dura! Bem que eu tentei, mas não deixaram. Deu nisso: cê virou um burguesinho problemático, cheio de nhenhenhém, querendo ficar parecido com o seu ídolo, aquele corno ignorante!”, afirma Max.

Enfezado, o jogador manda o malandro lavar a boca para falar do Tufão, senão vai arrebentá-lo. E agradece a Deus por não ter nada dele. “Vai nessa! Você é igual a mim no jeito, no corpo, em tudo! Não adianta, filhinho, é o sangue! Gente feito eu devia é receber cachê pra fazer filho em mulher de otário! Olha pra você: bonito, forte, magro. Modéstia à parte, tenho boa pontaria”.

O atleta vai ficando com mais raiva do pai biológico, que tenta convencer o rapaz de que eles deveriam se conhecerem melhor, já que agora o jogador sabe de tudo. “Sou um cara maneiro, ligado nas paradas. O oposto daquele toupeirão do Tufão, burro, vive vegetando naquela casa, babando, corno manso do cassete...”, ofende Max.

Jorginho não aguente e agride o malandro. “Cala essa boca! Você tá falando do meu pai! Gigolô nojento, podre! Foi você que armou aquele sequestro da Carminha, não foi? Fala! ”, grita o jogador, batendo muito no amante de Carminha, que não revida e, quase sem forças, pede para o filho parar com a pancadaria. O atleta desiste e vai embora. Max se levanta, capenga, a boca sangrando. Quando se olha no espelho, xinga o filho ao ver que agressão o fez perder um dente da frente.

0 Comentários:

Postar um comentário

Olhar Feminino | Template created by O Pregador | Powered by Blogger |Personalizado por Jô Angel